ATF

Untitled Document ASSOCIAÇÃO DE TERAPIA DE FAMÍLIA DO RIO DE JANEIRO

Institutos Formadores

Primeira Turma de Formação em Terapia Familiar: 2001

Fundado em Julho de 2001, por Ana Maria Oliveira Zagne, Noemia Fontes Kraichete e Suely Engelhard, tendo como finalidade formar terapeutas de casal e família dentro de um enfoque sistêmico acrescido de fundamentação teórica da Psicologia Analítica de Carl Gustav Jung, bem como atender a famílias de baixa renda. Tivemos nosso reconhecimento como instituto formador pela ATF-RJ, ABRATEF, no Encontro de Formadores ocorrido em Itaipava, em Agosto de 2007.

Seguindo a orientação da ABRATEF nosso curso de formação que se divide em quatro módulos, tem um total de 500hs de formação, distribuídas da seguinte maneira: 300hs de orientação teórica, 100hs de prática clínica supervisionada e 100hs de vivências. No último ano é solicitada uma monografia de conclusão.

Os alunos após o primeiro ano de curso iniciam atendimento às famílias em sala de espelho unidirecional: de início em coterapia com um dos docentes, e no ultimo ano em duplas de alunos. Em ambos os casos há a presença de um supervisor junto à equipe terapêutica que fica atrás do espelho.

A direção do CAAPSY é assim distribuída: Diretor de Cursos e Eventos: Ana Maria Oliveira Zagne,Diretor científico: Noêmia Fontes Kraichete e Diretor Administrativo: Suely Engelhard.

Nosso instituto também oferece grupos de estudo de Psicologia Analítica, Cine-Foruns, Palestras, Workshops e Mini-Cursos voltados para profissionais das áreas de saúde, educação, social e jurídica.

Temos o orgulho de ter como docentes convidadas Vera Aparecida P. E. Risi, atual Diretora de Comunicação da ATF-RJ e Ana Cristina B. B. Fróes Garcia, formada pela primeira turma do CAAPSY.

Rua Mem de Sá 19 – sala 909
Niterói – Icaraí – 24220-060 – RJ
Tel: 2722-2630 e 2710-8242
E-mail: caapsy@yahoo.com
www.caapsy.com

Primeira turma de formação em terapia familiar: 1985 - Atividades encerradas em 1990.

Fundado em 1979 por Lucia Ripper, Gladys Brun e Anna Hoette. No Cefac com sede na Urca, foram organizados eventos com Maurizio Andolfi, Carlos Sluski, Maria Rosa Glacerman, entre outros importantes terapeutas de família da época. Gladis e Anna deixam o Cefac no ano de 1987 para seguiram diferentes rumos.

Alunos da 1a Turma: 1985 – 1989 com supervisão de Lucia Ripper – Curso com 800 horas: Abigail Dias da Silva – ATF / Beatriz Reys Cirino – ATF / Cynthia Ladvocat – ATF / Eliane Bandeira / Haylton Farias – ATF / Helena Prado Lopes – ATF / Laura Mello Machado / Luiz Ernesto Rios ATF / Maria Luiza Teixeira – ATF / Maria Suely Dalsenter / Miriam Schenker – ATF / Monica Meyer – ATF / Perola Akerman / Regina Jardim – ATF / Solange Rebuzzi / Vera Sabóia / Vera Sodré. 1a Turma Grupo de Estudo: CEFAC – Supervisão de: Gladis Brun -: 1985 -1989: Alunos: Lia Ganc – ATF / Ligia Athayde / Miriam Kimelblat / Rosana Rapizo ATF / Sonia Motta / Teresa Cristina Chagas Diniz – ATF. 1a Turma Especialização: Início no CEFAC 1986 e término no ITF-RJ em 1987: Prof: Gladis Brun, Anna Ana Maria Hoette, Lia Ganc e Teresa Cristina Diniz. Alunos da 1a. turma (1986- 1987): Eloísa Rosas – ATF / Elza Ibrahim / Evelyn Rogozinski – ATF / Lia Carvalho – ATF / Maria Helena Pinheiro – ATF / Mônica Lobo – ATF / Ricardo Braga / Tânia Almeida – ATF

Primeira turma de formação em terapia familiar: 1991

Histórico CEFAI: Em 1991 nasceu o Centro de Estudos da Família, Adolescência e Infância no Rio de Janeiro, uma Instituição com atividades na área da Terapia de Família.

Iniciamos oferecendo cursos e workshops onde mostrávamos o nosso fazer e pensar clínico no trabalho com famílias com crianças e adolescentes. Em 1995 criamos o laboratório da Prática Clínica, um espaço onde exercitamos, refletimos e estudamos sobre a prática clínica em Equipe. Naquela ocasião nos baseamos no modelo da Escola de Milão, articulado com nossas vivências com o grupo do CEFYP (Adolfo Locketek e Maria Rosa Glasserman) em Buenos Aires .

Hoje compartilhamos esse espaço com outros profissionais. Trabalhamos com a transformação das narrativas das famílias que chegam para terapia e com a Equipe reflexiva. Participamos em 1995 da fundação da ATF-RJ, nessa ocasião o CEFAI abrigou a sede administrativa da ATF-RJ. Período: 1998 a 2002: Carga Horária: 360 horas - Professores: Berenice Fialho Moreira / Gilda d'Orsi Archer / Maria Helena Bartholo / Naiara Wiethaeuper.

Alunos da 1a Turma: Ana Beatriz Baptista Sulzer /Josemarlen Carvalho da Silva / Lorene de Andrade Busquim / Maria Madalena Guerra Martins / Marietta de Queiroz Freitas Rosa Naly Soares de Almeida. Período: 1999 á 2003: Carga horária: 360 horas - Professores: Berenice Fialho Moreira / Gilda d'Orsi Archer / Maria Helena Bartholo / Naiara Wiethaeuper .

Alunos da 2ª Turma: Adriana Balthazar Gaudêncio / Joselaine Prandi / Kleucya Menezes / Vilma Gonçalves Pires. Em 1998 organizamos o Curso de Formação em Terapia de Família com duração de 360h. Em 1999 estruturamos a Clínica Social do CEFAI para atender famílias e casais da comunidade. Nesse mesmo período inicia o Núcleo de psicopedagogia com especialização em terapia sistêmica.

Desde o início mantemos relações com profissionais que trabalham e refletem sobre a prática sistêmica, ampliando nossa rede de interlocutores e nossos recursos. Estivemos em Roma com Carmine Saccu (Diretor da Escola Romana de Terapia Familiar) participando de um trabalho de construção de Equipe terapêutica.

Estudamos com Carlos Sluzki e Marcelo Pakman. Fizemos supervisões com Mony Elkain e Omar Biscotti (Diretor do ISDEBA).

Temos uma parceria com o Instituto Sistêmico de Buenos Aires. Em agosto de 2004 lançamos a revista Idéias Sistêmicas com o objetivo de divulgar clinica sistêmica. Em março de 2007 inauguramos a nova sede.

Sócios Fundadores: Berenice Fialho Moreira, Gilda d Orsi Archer, Maria Helena Bartholo, Naiara Wiethauper, Sandra Mara Mello Lopes.

De 1995 a 2006- Diretoria: Berenice Fialho Moreira, Gilda d´Orsi Archer, Maria Helena Bartholo, Naiara Wiethauper .

A partir de 2006- Diretoria: Berenice Fialho Moreira, Gilda d ´Orsi Archer, Maria Helena Bartholo.

Rua Getúlio das Neves 16 casa 4
Jardim Botânico 22461-210 – RJ
Tel: 2537 2652
E-mail: cefairj@terra.com.br
www.cefai.com.br

Primeira turma de formação em terapia familiar no: 2002.

Desde 1986, o CgT Sandra Salomão, ainda não institucionalizado, fato que ocorreu em 1997, realizava cursos de formação em Gestalt-terapia sob a minha coordenação. Foi no final da década de 90 que introduzi nas turmas de Gestalt-terapia tópicos relacionados à terapia de família.  Nessa época minha clínica pessoal com casais e família crescia e com isso os cursos começaram a conter no conteúdo programático esse conhecimento.

Por solicitação  de psicólogos gestalt-terapeutas formados no CgT Sandra Salomão, ex-alunos da instituição, com um histórico de cursos de formação desde o início da década de 80, foi que se inaugurou a primeira turma do curso de família, que gerou o nome do modelo de atendimento adotado na especialização e pelo Centro de Gestalt-terapia Sandra Salomão-CgT Sandra Salomão.

Após dois anos de elaboração das ementas e da metodologia de capacitação e de atuação, junto com Ana Cristina Felisberto,  formamos a primeira turma para atendimento a famílias e sistemas íntimos.  Foram alunos dessa turma: Luciana de La Peña, Ana Theresa Umbelino de Oliveira Miranda, Lídia Avena Pires de Souza, Maria Ambrosina Simões de Oliveira, Salete Siqueira da Silva, Tania Varela.

Atualmente, em 2010, estamos iniciando a 5ª turma e temos um serviço social de atendimento a famílias, vinculado ao curso.  Desde a 4ª turma, para atender às solicitações da Abratef alinhamos nossa carga horária com os demais cursos de especialização em terapia de família, e temos um curso com as 500 horas de aula, dupla fundamentação teórica, um modelo próprio, trabalho com as famílias dos alunos e produção de monografias.

O “modelo de intervenção relacional gestáltico-sistêmico”  foi tornado público pela primeira vez no VI congresso Brasileiro de terapia familiar, em 2004, cujo título: “O QUE TU FAZES POR AÍ” nos incentivou a apresentá-lo.

Também a partir desse congresso comecei a realizar nos congressos nacionais e do RJ, workshops apresentando técnicas de trabalho com base na abordagem gestáltica com famílias.

O modelo foi introduzido na comunidade de gestalt-terapia  através de um mini-curso no congresso nacional de Gestalt-terapia, no ano de 2007.

Primeira turma de formação em terapia familiar: 1998

No ano de 1993 foi inaugurado o Delphos Espaço Psico Social, na Rua João Afonso, 20 , no bairro de Humaitá, pelas psicólogas e sócias Lilian Tostes, Maria do Carmo Mendes Rosa, Maria Cecilia Veluk Dias Baptista e Nice Brandão,   com o propósito de ser um centro formador de psicodramatistas. Na abordagem psicodramática uma de suas premissas é que a pessoa adoece e cura nos grupos.

O sociodrama de casal e família, que era desenvolvido por Jacob Levi Moreno, desde 1923, foi sendo revisto e enriquecido com as abordagens sistêmicas construcionistas. Com esta visão, na inauguração do Delphos, iniciamos nossas atividades científicas com uma palestra vivencial, dirigida por Maria Rita Seixas, conceituada terapeuta de família, que desenvolveu uma tese, que deu origem ao livro Sociodrama Familiar Sistêmico ( Ed Aleph,1992).

Desde então, surgiu o interesse de desenvolvermos no Rio de Janeiro, um curso de especialização em terapia de casal e família, com ênfase na abordagem psicodramática. Maria Cecilia Veluk Dias Baptista, coordenando uma equipe composta por Laurice Levy, Lucia Ferrara e Martha Villar do Valle, iniciou um grupo de estudos que culminou na formação da 1ª turma deste instituto, em 1998. Deste ano em diante, mantemos regularmente, um curso modular sistêmico, inicialmente com uma carga horária de 360h, e hoje, com uma carga horária de 500h, seguindo as orientações da ABRATEF.

Desde seu inicio, as 150h de atendimento supervisionado, são realizados em sala de espelho unidirecional, com equipes reflexivas, a famílias de baixa renda, em nossa clínica social. As aulas teóricas vivenciais deste curso seguem a metodologia psicodramática, com dramatizações e jogos dramáticos.

O curso é oferecido em módulos às sextas feiras das 8.30h as 13.30h, quinzenalmente. Durante este 12 anos, em que esta especialização vem se realizando contamos com a mesma equipe formadora de professores supervisores e com diversos terapeutas de família convidados.

Carga Horária: 360 h ( 1ªs turmas) e 500h ( desde 2007) Professores: Maria Cecília Veluk Dias Baptista (Coordenadora); Laurice Levy; Lucia Ferrara; Martha Villar do Vale e professores convidados.

Alunos da 1a Turma: Maria Inês Caraline / Florinda Esther M. Albu- ATF / Jorgelina Pereira- ATF / Lílian C. M. Rodrigues Tostes- ATF / Jane Francisco/ Sandra Maria de Lima / Nice Pereira Brandão- ATF / Elys Cardoso

Rua João Afonso 20
Humaitá 22261-040 – RJ
Tel: 2527 1933 – 2537 6534
E-mail: delphos@delphospsic.com.br
www.delphospsic.com.br

Primeira turma de formação em terapia familiar: 1994

Lia Baptista Carvalho idealizou um instituto de terapia de família e em 1993 convidou a equipe constituída por Werner Zimmermann, Paulo Raad, Cynthia Ladvocat e Miriam Felzenszwalb para a fundação do Instituto Mosaico em 1993, com sua sede inicialmente na Urca, Rio de Janeiro. No período: Março de 1994 a Dezembro de 1996 - Corpo Docente: Lia Carvalho Werner Zimmermann, Paulo Raad, Cynthia Ladvocat e Miriam Felzenszwalb. 1ª turma - Alunos: Blanke Raad ATF / Juliana Paiva Petean / Maria Alice da Costa e Silva/ Morvan Raad Martins / Esther Serrano – ATF / Marcia Regina de Vasconcelos / Miriam Elizabeth Grinbaum / Nilcea Coelho Ferreira / Vera Azevedo Seraphico.

Na sede da Urca o Instituto Mosaico recebeu importantes contribuições de Yoel Elizur, Ema Genijovich, Carmine Saccu e Mony Elkaim. No biênio 1996-1998, Lia Carvalho foi a presidente do III Congresso Brasileiro de Terapia Familiar e os demais membros da equipe fizeram parte das comissões que organizaram o congresso. Nessa época, o Instituto Mosaico acolheu as muitas reuniões para a organização do congresso com os terapeutas de família dos demais institutos. Esse fato aproximou e criou laços de amizade fortíssimos entre os terapeutas de família do Rio de Janeiro. Desde então, a ATF-RJ tem seguido essa iniciativa de a cada dois anos acolher, em sua diretoria, representantes de todos os institutos formadores.

Por seis anos, os cinco diretores trabalharam sempre em conjunto. Depois, a equipe passou por movimentos do ciclo vital, que implicaram em sua formação, expansão, contração e realinhamento: Em 1999, dentre seus sócios, aconteceu o afastamento temporário de Cynthia, que passou a integrar a equipe da Terra dos Homens. Depois houve a mudança de Werner para outro estado. Anos depois a saída de Lia da sociedade. Em 2004 Cynthia retornou a equipe, trazendo a sede da ATF para o Mosaico. Alexandre Palma, Blanke Raad, Ana Silvia Teixeira e Marcia Camara também passaram a integrar equipe como colaboradores.

Os sócios e dois colaboradores desenvolvem sua prática privada em seus consultórios nas instalações do Mosaico,com atendimento individual de psiquiatria, psicoterapia, psicanálise e terapia familiar. O Instituto Mosaico oferece também a Clínica Social com atendimento a baixos custos por profissionais em formação em terapia de família, sob supervisão dos formadores.

Até o ano de 2010, cerca de 15 turmas concluíram a formação em terapia familiar. Os seminários teóricos e práticos ocorrem em horário integral em uma 6a feira com freqüência quinzenal, durante dois anos e meio.

Os Cursos Intensivos e Workshops visam enriquecer e complementar a formação. O curso segue o Documento Norteador de Formação da ABRATEF. O corpo docente é composto por associados titulares da Associação de Terapia de Família do Rio de Janeiro.

O Instituto Mosaico acolheu nas suas instalações a ATF-RJ entre os anos de 2004 a 2008 e a ABRATEF nos anos 2008 a 2010.

A sede em Copacabana
Rua Barão de Ipanema 56/ 802 Cep: 22050-030 - Rio de Janeiro
Tel: (21) 2235-1574
Email: instituto.mosaico@igmail.com
Site: www.institutomosaico.org.br.

Primeira turma de formação em terapia familiar: 2005

Psicanálise, Terapia Familiar Sistêmica, Psicodrama e sexualidade: A Integrare nasceu de uma forma muito natural e espontânea em 2005, quando um grupo de alunos, liderados pela Marinilza Cunha Matias, Simone Ferreira, e Glacy Fatorelli me pediu para dar um curso de Terapia de Família, direcionado para pessoas que não desejavam atravessar o túnel e sair da Barra para poder ter contato com a teoria e a terapia familiar.

Esses alunos já tinham sido apresentados ao genograma através de três workshops que eu tinha ministrado para elas na Barra. Assim começava a primeira turma com os alunos abaixo: Marinilza Cunha Matias, Simone Souza Oliveira Pinto Ferreira, Glacy P.Fatorelli, Celia de Fátima Lopes Nogueira, Janine Pecy Paskin da Rosa Martins, Jorgelina Pereira de Carvalho (Terapeuta de família, titular da ATF-Rio, que desejava se atualizar) e Dinair Aguiar Barbosa de Sá. Em 2006, iniciamos a Turma 2, que se mantém até hoje,  pois esse curso foi criado em um formato mensal, com 4horas-aula, Os alunos são: Cristina Di Rienzo Laubenheimer, Marcia Cristina Neves Merquior, Arlindo Fernandes Pedro, Iara Barros Santos de Andrade Vieira, Sheirley de Salles Leal e  Rosa Castro (Terapeuta de Família, atualizando-se).

Em 2008, por insistência e ajuda de Cynthia Ladvocat (presidente da ABRATEF,gestão 2008- 2010) e de Cristina Werner (Presidente da ATF-Rio, gestão 2008-2010) resolvemos oficializar  a criação da INTEGRARE -INDIVIDUO, FAMILIA E SOCIEDADE, seguindo as normas do CDC- para que os alunos pudessem se filiar à ATF. com o reconhecimento da ABRATEF.

Professores foram convidados, entre eles, Jorgelina Pereira de Carvalho, Maria Cecilia V. D. Baptista, Cynthia Ladvocat, entre outros terapeutas titulares da ATF, além de Laurice Levy, coordenadora e sócia-fundadora  da Integrare.

Em abril de 2008, iniciamos a Turma 3,   com o selo da  ATF/ABRATEF.  Os alunos são: Maria Thereza  Carvaleira Motta,  Silvia Regina Terra de Barros,  Rosa  Castro ,  Denise Lima de Jesus Assumpção, Cândida Ferreira de Castro, Rosa Maria Caravellos Barra Piccoli, e  Solange  Fried Patrício.Esse curso, como o próprio nome, diz integra Psicanálise, Terapia  Familiar Sistêmica e Psicodrama,  pois  são as formações da diretora do espaço.

Leblon – Av. Ataulfo de Paiva, 1.175, Apto. 801
Barra da Tijuca – Av. das Américas, 3.200, sala 102, Ed. The Best
Rio de Janeiro – RJ
Tels:  3388-5788 / 99120-7474
E-mail: integrare.escola@gmail.com

IPHEM – Instituto de Pesquisas Heloisa Marinho

Primeira turma de formação em terapia familiar: 2006

O IPHEM, fundado em 1984 por Heloisa Marinho, uma das principais educadoras brasileiras do século XX, desenvolve pesquisas, projetos e programas nas áreas de saúde, educação e ciências sociais, contribuindo para trabalhos de prevenção e recuperação do desenvolvimento de crianças e adolescentes em Postos de Saúde, Hospitais e Comunidades de Periferia, no Brasil e na África.

No momento, o IPHEM atua no campo do Desenvolvimento Humano, numa perspectiva histórico-cultural, trabalhando, especialmente, com crianças, adolescentes e suas famílias com os problemas relacionados ao uso de álcool e outras drogas, vulnerabilidade social e questões comportamentais e sociais. Nesse sentido, seus consultores realizam trabalho de prevenção ao uso de álcool e outras drogas através do “Projeto Caralimpa”; e de tratamento, como os projetos “Tendas da Inclusão” e “Psiquiatria sem paredes”, assessorando e apoiando tecnicamente o GEAL-UFF (Grupo Transdisciplinar de Estudo do Alcoolismo e outras Drogas da Universidade Federal Fluminense), em parceria com a FIA, Fundação para a Infância e Adolescência.

Entre outras instituições com as quais o IPHEM desenvolve ou já desenvolveu programas de cooperação técnica e consultorias, destacamos: ONU (UNICEF e UNESCO); Ministério da Saúde do Brasil; Ministério da Saúde e da Educação de Moçambique; Ministério da Educação da Angola; Instituto Cabo-Verdiano de Solidariedade; IPEA - Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas; FUNDAP/SP - Fundação de Administração Pública de SP; UFF - Universidade Federal Fluminense; Escola Nacional de Saúde Pública; Secretaria Estadual e Municipal de Saúde do Ceará; Secretaria Estadual de Saúde da Bahia; Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro; Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro; Secretaria Municipal de Saúde de Joinville; Secretaria Municipal de Educação de Niterói; Secretaria Municipal de Saúde de Niterói; Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo; Secretaria Estadual de Educação de Pernambuco; Marinha do Brasil; IFT – Institute of Family Therapy of London, Inglaterra; Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro e FIA – Fundação para a Infância e a Adolescência do Estado do Rio de Janeiro.

Dentre os cursos oferecidos pelo IPHEM, destacam-se o de “Saúde Mental da Criança e do Adolescente” e o de “Problemas Relacionados ao uso de Álcool e outras Drogas”, ambos em parceria com a FEC/UFF – Fundação Euclides da Cunha. Desde 2006, o IPHEM passou a oferecer, também, uma Formação em Terapia de Casal e Família, com 500 horas de duração, reconhecida pela ATF/RJ e pela ABRATEF, tendo tido a parceria do IFT – Institute of Family Therapy, de Londres, nos dois primeiros anos de sua implantação.

A Coordenação Geral da Formação em Família está a cargo da Psicóloga e Terapeuta Familiar, Maria Cristina Milanez Werner, Mestre em Psicologia Clínica pela PUC/RJ e Doutoranda em Saúde Mental pelo IPUB/RJ; e a Coordenação Acadêmica, a cargo da Psicóloga e Terapeuta Familiar, Teresinha Mello da Silveira, Mestre e Doutora em Psicologia Clínica pela PUC/RJ.

O curso conta com mais oito professores convidados, sendo todos membros titulares da ATF/RJ. O IPHEM possui atualmente turmas simultâneas em Niterói, RJ, em sua sede; e no Rio de Janeiro, na Barra da Tijuca, ambos com espaços para atendimento social voltado para as classes populares, além do estágio clínico, realizado por duplas de alunos do último ano de formação, com posterior supervisão clínica. Fizeram parte da 1ª. turma: Adriana Campos Bastos, Adriana Dias de Almeida, Ana Cristina Veloso Vieira da Silva, Anna Viveca Korkman Lopes, Carlos Frederico Tollini, Elisabeth Maria Reis Faria, Fátima Ambrozzoli Sales, Júlia Gugliotta, Luciana Kuhn Nogueira, Luiza Carmen Pereira Vieira, Marcelo Lopes, Mauro Dias Rego Barros; Sônia Barros Diniz e Silva, Sonia Regina Magalhães e Vera Motta, formada em novembro de 2009.

Endereço do IPHEM:
Avenida das Américas, 3301 – Bloco 1 – Sala 211
Barra da Tijuca – RJ  - 22631-003

Telefones: (21) 2431-4788 e 972720099
E-mail: cursosiphem@gmail.com
Website: www.iphem.com.br

Primeira turma de formação em terapia familiar: 1978

O Curso de Especialização em Terapia de Família foi fundado em 1978 e oficializado e 1981. A primeira turma foi ministrada pelos professores: Lindemberg Nunes Rocha, Anna Maria Hoette e Luis Fernando Mello Campos. A equipe mudou e vieram Antonio Celso, Dorothy Nebel de Mello, Anette Brakaz, Maria Lidia Alencar e Sonia Teixeira Sodré. Em 1987 a direção nova do IPUB, trouxe novas regras e o Setor de família ficou sob a coordenação de Lia Ganc e Sonia Sodré Teixeira.

Dez anos depois a equipe cresce com Carmen Pontual e mais tarde Liora Berer vem somar. Atualmente mais dois integrantes na equipe : Alexandre Keusen e Adriana Luppu. De 1978  a 2010, turmas passaram pelo  Setor de família com 710 alunos frequentando nesse período.

Todos os anos seguidamente, o IPUB foi procurado para essa especialização. Teoricamente o Curso de Terapia de Família do IPUB acompanhou de perto toda a evolução do movimento da Terapia de Família, desde a Primeira Cibernética até o Construtivismo e Construcionismo Social assim como a evolução da Psiquiatria.

Os primeiros 5 anos foram oferecidos Curso de Aperfeiçoamento de Terapia de Família de duração de 1 ano, perfazendo 460 horas. Nos 27 anos seguintes o curso oferecido era de Especialização em Terapia de Família com carga horária de 2500 horas.

Ambos os cursos, de Aperfeiçoamento e Especialização foram reconhecidos pelo MEC e são oferecidos a alunos graduados em Medicina, Psicologia e Serviço Social.

Alunos da 1a Turma: Roberto Faustino – APETEF / Lia Ganc – ATF / Sheiva Rocha / Maria Lídia Alencar / Jane Miller / Yone Gelbert

UFRJ
Tel: (21) 2239-6191
E-mail: liaganc@uol.com.br

Primeira turma de formação em terapia de família: 1986.

A turma coordenada por Gladis Brun e Anna Hoette começou em 1986, no Cefac, e concluiu em 1988 no Instituto de Terapia de Família do Rio de Janeiro, fundado em outubro de 1987 por Gladis Brun, Anna Maria Hoette,Teresa Cristina Diniz, Lia Ganc, Rosana Rapizo, Eloisa Vidal Rosas e Isabela Queen.

O Corpo Docente inicial era composto por Gladis Brun, Anna Maria Hoette, Lia Ganc, Rosana Rapizo e Teresa Cristina Diniz. Alunos da 1a. turma (1986- 1987): Eloisa Rosas – ATF / Elza Ibrahim / Evelyn Rogozinski – ATF / Lia Carvalho – ATF / Maria Helena Pinheiro – ATF / Mônica Lobo – ATF / Ricardo Braga / Tânia Almeida – ATF. Durante mais de vinte anos o ITF firmou-se como referência em Terapia de Família, não só no Brasil como internacionalmente.

Formou trinta e sete turmas de Terapeutas de Família, alguns dos quais vieram a fundar outras instituições formadoras. Constituiu-se importante pólo difusor do pensamento sistêmico, tendo lançado em 1991 a revista Nova Perspectiva Sistêmica, que se mantém até hoje e está no seu 35º número (agora uma parceria Multiversa, Noos e Familiae). Em 1989 começou a funcionar a Clínica Social, para atendimento da comunidade carente de recursos financeiros.

Esse projeto foi se modificando e funciona até hoje com o nome de Sala de Espera. Logo depois foi criado o Banco de Terapeutas, que se mantém com o mesmo nome. Em 1997 formou-se o Núcleo de Atendimento a Famílias em Situação de Litígio, que passou a atender os casos que necessitavam de uma metodologia específica para este tipo de questão.

O ITF promoveu a vinda de personalidades internacionais da terapia de família, tais como Ann Bernstein, Michelle Scheinkman, Phoebe Prosky, Maria Rosa Glasserman, Adolfo Loketec, Tom Andersen, Peggy Penn, Gianfranco Cecchin, Marcelo Pakman, Sallyann Roth, Saúl Fuks, Pietro Barbetta.

O ITF encerrou as suas atividades em 2007, com a fundação do Multiversa;

ITFMG  - INSTITUTO DE TERAPIA FAMILIAR DE MINAS GERAIS

Tel.: (32) 3061-2460
Endereço: Rua Halfeld, 414, Juiz de Fora - MG

www.itfmg.org.br

O Instituto Logos - ESTUDO E TERAPIA DA FAMÍLIA desenvolve atividades docentes, voltadas para o ensino, a prática, a pesquisa e a produção científica nas áreas da Terapia Sistêmica, e atendimentos terapêuticos de Casal, Família e Grupo.

A primeira turma de formação familiar começou no ano 2000.

Por mais de 18 anos, o Instituto LOGOS firmou-se como um centro de referência na zona Norte do Rio de Janeiro e já ministrou cursos para milhares de alunos, formando terapeutas familiares, de casal, conselheiros e assessores familiares. Em 2018 ampliou seu atendimento na zona oeste em endereço na Barra da Tijuca, RJ.

O Instituto LOGOS surgiu com o objetivo de formar psicoterapeutas interessados em exercer atividades com base teórica sistêmica. Aos poucos, seus cursos também passaram a atrair diversos profissionais que atuam com famílias, outros voltados para o trabalho com comunidades em escolas, hospitais e grupos religiosos.

O Instituto LOGOS tem também um forte papel social e busca agregar valores à comunidade, intensificando sua atuação como instituto formador em técnicas de desenvolvimento pessoal e profissional dos seus alunos e estimulando posturas socialmente responsáveis.

O diferencial do Instituto Logos são seus cursos fundamentados na teoria sistêmica de Murray Bowen e sua atuação pedagógica e prática, disponibilizando ferramentas atuais como recursos de ajudar a Educar e Curar Famílias, Casais e Indivíduos.

O Curso é estruturado em quatro módulos sequenciais, visando preparar profissionais para atuarem na área de Psicoterapia Sistêmica Breve, nas modalidades de Terapia Sistêmica Individual, Casal, Família e Terapia de Grupo, além de abordagens específicas de Orientação Profissional Sistêmica, Terapia Sexual Sistêmica de Casal, Avaliação Psicopedagógica Sistêmica, Genograma e Workshops com temas familiares, totalizando 550h/a.

Possuímos o selo da ATF/ABRATEF (Associação Brasileira de Terapia da Família) e autorização do C.R.P. (Conselho Regional de Psicologia).

Méier: Rua Dias da Cruz, 414 – Sobreloja

Barra da Tijuca: Av. das América, 4790 – salas 301 e 302 Barra da Tijuca

(21)2596.7148 (21)96993.0770

Instagram: logos.psi
Email: logospsi@gmail.com
Facebook: logospsiterapiaestudofamiliar

Primeira turma de formação em terapia familiar: 2007

Foi fundado em março de 2007, por Eloisa Vidal Rosas e Rosana Rapizo. Em agosto de 2008 inauguramos uma parceria com o Instituto Noos no curso de Formação em Terapia de Família, que faz parte da Escola de Práticas Sociais Sistêmicas.

Neste espaço damos continuidade a vários projetos anteriormente criados no ITF, como a Clínica de Atenção à Comunidade - que organiza uma prática clínica para os alunos, oferece serviços à comunidade do entorno e é campo de pesquisa da metodologia utilizada; o Banco de Terapeutas, do qual participam alunos e ex-alunos que se organizam em duplas e oferecem horários em seus consultórios, dentro dos mesmos critérios de atendimento da Instituição, estratégia que tem se mostrado eficiente e fundamental para a agilização dos atendimentos; a Equipe de Atendimento de Famílias em Situação de Litígio, que recebe famílias encaminhadas pelos Juizados, Varas de Família e Conselhos Tutelares. Em março de 2010 demos início à quarta turma de formação no Multiversa.

Corpo Docente: Carla Tolentino, Carlos Eduardo Zuma, Carmen Pontual, Cristiane Rangel de Carvalho, Eloisa Vidal Rosas, Gizele Bakman, Heloisa Costa, Jorge Bergallo, Maria Beatriz Costamilan e Rosana Rapizo. Teoricamente nos reportamos ao Pensamento Sistêmico, à Teoria da Complexidade, ao Construtivismo e ao Construcionismo Social.

Núcleo Contemporâneo de Psicoterapia

O Núcleo Contemporâneo de Psicoterapia compartilha das ideias Sistêmicas Contemporâneas e desenvolve projetos em terapia individual, grupal, casal, familiar e comunitária. Promove palestras, cursos e grupos de estudos nas perspectivas Construcionistas Sociais e nas Abordagens Dialógicas e Colaborativas.

Coordenação: Rosane Carneiro Porto
Rua Coronel Moreira César, 229 - sala 1108 - Shopping Icaraí
Niterói - Icaraí - 24230-052 - RJ
Tel.: (21) 2610-3098 / 96717-8067 / 999757967
e-mail: ncontemporaneo@gmail.com

Primeira turma de formação em terapia familiar: 1985

É uma instituição destinada à pesquisa, atendimento e formação de terapeutas de família e de casal dentro do modelo sistêmico –vivencial de terapia familiar breve. Foi fundada em 01 de Agosto de 1985 pelo Dr. Moises Groisman, que é também seu diretor, professor e coordenador geral.

Completará em 1 de Agosto de 2010, 25 anos de atividade ininterrupta, constituindo-se na instituição de terapia familiar mais antiga em atividade no Brasil. Formou, até o momento (Março de 2010), 39 turmas de terapeutas familiares, totalizando cerca de 600 alunos, tendo iniciado em Março de 2010 sua 42ª turma de formação.

Seu curso de formação compreende VII etapas, (658 h) sendo cada uma delas pré-requisito da seguinte. A saber: Etapa I- Especialização em Terapia Familiar Sistêmica Breve; Etapa II- Família de Origem; Etapa III- Terapia Familiar da Criança e do Adolescente; Etapa IV- Terapia de Casal , do Divórcio e do Recasamento; Etapa V- Terapia Individual Sistêmica; Etapa VI- O Código da Família; Etapa VII- Formação de Supervisores.

Essas etapas podem também ser realizadas de uma forma intensiva (30hs cada) para profissionais de outros estados. A Núcleo também oferece os seguintes cursos de atualização: I- Novas Diretrizes na Terapia do Divórcio e das Famílias Recasadas; II- Sexualidade no Casal e na Família; III- Terapia Sistêmica da Mulher; IV- Terapia do Luto; V- Terapia Breve - diferentes abordagens e suas aplicações clinicas; VI- Minha Família e meu Dinheiro.

O atendimento das famílias e dos casais é feito, por equipe terapêutica, através do modelo sistêmico vivencial de terapia familiar breve, criado pelo Dr. Moises Groisman, tendo atendido, até Março de 2010, 400 famílias e casais , com resultados satisfatórios, que superam os insucessos.

Oferece além do atendimento unifamiliar, a grupoterapia individual sistêmica breve e a grupoterapia multifamiliar breve. Organizou 10 Simpósios de Terapia Familiar Sistêmica, 10 Encontros Regionais da Família e 9 Simpósios Internacionais de Terapia Familiar Sistêmica.

Realizou 46 videos científicos e o filme Trama Familiar (1986). Publicou os seguintes livros: Família, Trama e Terapia- a responsabilidade repartida (2006), 2ª edição; Família é Deus- descubra como a família determina quem você é (2006), 2ª edição; O Código da Família - mandamentos que devem reger as relações familiares (2006), 2ª edição; Crime no Congresso (suspense terapêutico).2009; Além do Paraíso – perdas e transformações na família (2010), 2ª edição.

Sua equipe didática compõe-se dos seguintes professores-supervisores: Ana Beatriz Macedo, Ana Isabel Zibecchi, Elisa Motta, Érica Cavour Rocha, Evelyn Rogozinski, Lucrécia Nizzo, Maria Vilma Freire, Mônica Lobo, Silney Ortlieb e Zeneide Jacob Mendes.

Av. N. Senhora de Copacabana 647 sala 810
Copacabana 22050-000
Tel: 2256 4792 – 22547 5399 – Fax: 2547 8348
E-mail: nucleo.pesquisas@uol.com.br/ / nucleo.isa@terra.com.br
www.nucleopesquisas.com.br

Primeira turma de formação em terapia familiar: 2003

O advento da Terapia Familiar foi marcado pela interdisciplinaridade iniciado nos anos 40. O pensamento sistêmico proposto por Bertalanfly, casado com a cibernética derivou-se de campos distantes da psicoterapia e até mesmo da psicologia. Porém, esse pensamento levou a outros campos da prática relacionais e comunicacionais exigindo um aprimoramento dessas práticas dentro de um contexto biopsicosocial.

A Oficina do Corpo é uma clínica de Reabilitação, que atende crianças, adolescentes e adultos com algum tipo de deficiência. Assim, no trabalho com famílias, propõe a junção e diferenciação tanto da equipe quanto da clientela. Ao mesmo tempo em que atende à demanda dos conflitos existentes na família em função da deficiência de algum membro, equilibrando o trabalho da equipe muldisciplinar, ajuda esses membros a se diferenciarem evitando o congelamento familiar em função de uma patologia crônica.

Em 1992, com o desenvolvimento do trabalho a própria equipe sentiu necessidade de uma capacitação. Fonoaudiólogos, fisioterapeutas, psicólogos, psicopedagogos, assistentes sociais e médicos, que compunham o quadro clínico, iniciaram cursos de capacitação e extensas horas de estudo sobre Terapia Familiar Sistêmica. Desse curso de capacitação nasceu a necessidade da Especialização.

Em 2003 esse mesmo grupo de capacitação iniciou o curso de especialização aderindo à carga horária de 380hs, exigido na época pela ABRATEF, com término em 2007. Em 2005, iniciaram-se mais duas turmas, uma de Cabo Frio e outra de Macaé, com término em 2008. A quarta turma iniciou em 2009, já com as modificações exigidas pela ABRATEF, inclusive o acréscimo da carga horária de 500 horas mínimas.

O instituto já realizou três grandes encontros de Terapia familiar e em junho de 2009 realizou o I Encontro de Terapia Familiar na Região dos Lagos, promovido pela ATF-RJ.

A Clínica Oficina do Corpo, além de representar uma das referências no atendimento de reabilitação no município de Cabo Frio é o primeiro instituto de especialização em terapia familiar da região dos lagos.

Texto de Rosimeire Winter, Terapeuta familiar, proprietária da Clínica Oficina do Corpo e uma das coordenadoras do Curso de Terapia Familiar Sistêmica do instituto.

Mais informações site: www.clinicaoficinadocorpo.com.br

Rua Antonio Gomes Cordeiro 858
Parque Riviera 28905-040
Cabo Frio – RJ
Tel: (22) 2643 5618
E-mail: oficinadocorpo@hotmail.com

PUC-RIO

Tel: (21) 3527-1186 e 3527-1185

E-mail: psigra@puc-rio.br

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário