A incrível arte de ser um formador – o ofício de transformar

Por adminATF

Que ninguém se engane, só se consegue a simplicidade através de muito trabalho.

~ Clarice Lispector

Toda a minha vida estive envolvida com ambos os lados dos bancos escolares. Aqui destaco uma das mais fundamentais destas experiências:  a artesanal transmissão do ofício de ser terapeuta feita pelo professor formador.

Tornar-se terapeuta é um árduo ato de quem aprende a desenvolver o seu ofício prático, através das experiências. Os livros não são capazes de fazê-lo.

Aprender como e com quem?  Como são estes professores formadores de terapeutas de família? Primeiro reapresentam a história familiar, e, então, nessa revisita emocional, ajudam ao terapeuta a perceber a família de outro modo:  desenformam, enquanto ajudam a quem será terapeuta a se formar de novo. À sua imagem e semelhança, nós terapeutas nos moldamos, desta vez, nós a nós mesmos. Construímos através desta relação, uma nova identidade, a profissão de psicoterapeuta, um ofício prático. Tornamo-nos instrumento no manejo das ferramentas no trabalho com as relações familiares.

E como descrevermos este processo de trans – forma – ação? Ser formador é tarefa complexa: exige muita experiência clínica, um profundo conhecimento da linha teórica, destreza na prática clínica e manejo da supervisão. Conhecimento de pensamentos complementares e também autenticidade. É modelo e paradoxalmente, promove o processo de diferenciação do terapeuta. Possui um profundo interesse em formar outras pessoas, em vê-las se desenvolverem. Possui habilidade para um trabalho em grupo, cria métodos de transição da teoria para a prática e valida o desenvolvimento das pessoas na complexa arte, ciência e tecnologia que é ser terapeuta. Como um artesão, domina a arte de transmitir o todo, toda a sua arte, de dar forma sem enformar.

E como professora e formadora, o que expressar para meus modelos, meus mestres, meus guias, meus exemplos, meus colegas?   Não quero ser original: recebam todos vocês minha profunda gratidão pela dedicação de suas vidas ao incrível aprendizado de como ser instrumento para o aprender do outro.

Sandra Salomão

Gestalt-terapeuta de casais e famílias e formadora de terapeutas.
Iniciou sua carreira de professora aos 7 anos de idade, com suas bonecas.