GENOGRAMA ONLINE – demanda dos tempos atuais

Por adminATF

É possível afirmar, que o genograma é uma ferramenta sistêmica de excelência para psicólogos e terapeutas de família. Seja na primeira sessão, ao longo do processo, ou mesmo tendo-o no back da mente, durante o atendimento a famílias, casais e indivíduos.

Por outro lado, é também possível afirmar que, desde que McGoldrick, Gerson e Petry publicaram o livro Genogramas Avaliação e Intervenção aconteceram transformações importantes na realidade, que estão levando terapeutas de família a repensarem o seu formato de atendimento e paralelamente, a forma de aplicar o genograma.

Uma destas transformações vem da Revolução Tecnológica. É verdade é que antes mesmo do isolamento social, o atendimento terapêutico de alguns profissionais, por diferentes razões, já vinha mostrando a tendência de não mais ter a morada presencial no consultório. Alguns já vinham atendendo em domicílio, em espaços de coworking e principalmente, online. 

É verdade também que a pandemia do COVID19 e o consequente isolamento social  vieram para aumentar radicalmente a migração do atendimento presencial para o atendimento online.

Por tudo isso é que vejo como os estrategistas do futuro do trabalho têm razão, ao afirmar que desenvolver novas habilidades é condição si ne qua non para acompanhar o ritmo das mudanças, e não se perder pelo caminho…

Mas o que trago aqui neste artigo é um repensar sobre a demanda destas novas habilidades, que a construção do genograma na era digital traz aos psicólogos e terapeutas. Você já pensou nisso? Eu não só pensei, como experienciei a falta de um formato de abordagem diferente do presencial, quando migrei para o atendimento online há dois anos, bem antes do isolamento social. Ao longo desse tempo eu testei e os resultados me comprovaram. O genograma digital é a ferramenta mais adequada como fio condutor para o processo terapêutico que desenvolvo com meus clientes pela internet.

Em se tratando de um artigo, não temos aqui a possibilidade de troca de experiências.

No entanto, isto não me impede de compartilhar, a título de ilustração, as 5 principais habilidades que a prática me mostrou serem importantes a desenvolver, para a utilização do genograma no formato digital. Confira a seguir:

1ª- Desenhar digitalmente durante a sessão, a representação gráfica da família como um mapeamento da sua história familiar. Registrar dados objetivos, dados sobre a dinâmica familiar, reflexões sobre as vozes da família e tarefas ou prescrições, caso necessário;

2ª- Instigar o cliente/família a perceber o distanciamento que o genograma digital, por ser online permite, e facilitar a descoberta de razões pelas quais determinados aspectos da sua vida não estão se desenvolvendo como o esperado;

3ª- Conduzir o processo de construção do genograma digital,  de forma a possibilitar um novo olhar mais observador. E a problematizar marcas ou padrões repetitivos trazidos como herança familiar. Como um foco de luz sobre detalhes antes despercebidos;

4º- Facilitar a ressignificação da história familiar do cliente/família, de modo que ele possa dominar seu presente, construir seu futuro e beneficiar as novas gerações por vir.

5º- E com isto, se libertar das heranças familiares que escolherá não levar para sua vida futura.

Neste sentido, citando a genialidade do escritor português Fernando Pessoa pode-se dizer que mais do que nunca, a frase “navegar é preciso, viver não é preciso” se encaixa perfeitamente na atualidade.

Portanto, estar atento às mudanças, se atualizar, desenvolver novas habilidades e se reinventar pessoal e profissionalmente é também preciso.

Finalizando, agradeço à ATF-RJ pela oportunidade de poder compartilhar o meu repensar a experiência em atendimentos online com o genograma no formato digital.  Um atalho prático e precioso, de todo o caminho de erros e acertos que percorri, pra chegar ao formato do genograma digital que aplico hoje.

Reflita e tire as suas conclusões😉

Grande abraço!

ana_silvia_teixeira

Ana Silvia Teixeira

Psicóloga / Terapeuta de Família / Coach de Carreira - @anasilviateixeirapsi.coach